NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Compras com mais economia

Ceasa e comércios de venda por atacado atraem consumidores de todo o Estado

Segunda maior central de abastecimento da América Latina comercializa quase 2 milhões de toneladas de alimentos por ano

Fotos: Lucas Benevides

Em tempos de crise, economizar se torna necessário. Os "atacadões", como são chamados estabelecimentos que oferecem serviços atacadistas, já estão presentes na rotina de muitos moradores de São Gonçalo, atraindo também pessoas de diversas partes do Rio de Janeiro.

O alimento percorre um longo caminho do campo até chegar à mesa dos consumidores. Neste processo o Ceasa assume o papel de órgão responsável pelas políticas de comercialização de alimentos, o que faz com que o local se torne o posto de segunda maior central de abastecimento da América Latina, comercializando quase 2 milhões de toneladas de alimentos por ano.

Criada em 1972, a unidade do Ceasa de São Gonçalo conta com 118 lojas comerciais e 250 produtores, como uma estratégia para os processos de formação de preços, na homogeneização da produção de alimentos, na concorrência entre os produtores, e, principalmente na distribuição dos produtos tanto ao mercado varejista - feiras, sacolões, supermercados, lanchonetes e restaurantes -, quanto ao consumidor final, que são os moradores de São Gonçalo, Niterói, Magé, Itaboraí, Rio Bonito e outros em menor escala, que têm optado cada vez mais pelos atrativos preço/qualidade dos alimentos comprados.

"O processo de comercialização do Ceasa impacta direta e positivamente na economia de São Gonçalo ampliando a atividade comercial, impulsionando a geração de emprego e renda, alavancando o setor agrícola do município, maximizando os lucros de comerciantes, reduzindo os custo no processo de comercialização, bem como sua qualidade e preço. A unidade em São Gonçalo além de funcionar como importante entreposto de sociedade de economia mista para atender toda a região metropolitana do estado, mantém e incentiva ações de segurança alimentar e nutricional, realiza o controle fitossanitário e de resíduos de agrotóxicos nos alimentos, executa políticas públicas institucionais de fortalecimento da agricultura familiar, tendo como valor a responsabilidade social e ambiental junto às comunidades ao entorno", afirma o chefe da divisão operacional, Douglas Bertoldo.

A poucos metros do Ceasa está localizado o Makro, uma rede atacadista que opera em cinco países da América do Sul, com mais de 130 lojas. A diretora regional de vendas da Makro, Vanessa Giardini, destaca a importância em ter uma sede da empresa no município.

"Temos um carinho muito especial com o município de São Gonçalo. O investimento no Estado do Rio de Janeiro reflete uma estratégia do Makro de fortalecer sua posição na região Sudeste, que é um dos mais importantes polos de consumo do país. Vinte e nove anos após a inauguração, acompanhamos e colaboramos com o desenvolvimento do município, especialmente com a geração de empregos. Mais do que atuar numa praça estratégica para o Makro, para nós é muito importante poder manter um estabelecimento fundamental para renda de mais de 200 famílias da região", ressaltou a diretora.

Com a proposta de fazer com que o empreendedor possa fazer sua reposição diária, sem precisar comprar para longos períodos e grandes estoques, o Assaí Atacadista, localizado em Alcântara, oferece a política de dois preços, atendendo às necessidades dos diferentes perfis de clientes. O estabelecimento permite que os consumidores possam adquirir desde uma caixa fechada de determinado produto até uma única unidade, sem deixar de aproveitar os preços competitivos que a rede oferece.

Scroll To Top