NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rubro-Negros a serviço da Seleção

Gabigol e Rodrigo Caio foram convocados pelo técnico Tite e Arrascaeta vai defender a seleção uruguaia

Os jogadores do Flamengo celebraram a convocação para os amistosos contra Senegal e Nigéria, em outubro

Reprodução de Twitter

A sexta-feira não foi nem um pouco positiva para o Flamengo. Depois das convocações de Rodrigo Caio, Gabigol e Reinier, que desfalcarão o Flamengo, Giorgio de Arrascaeta foi chamado para disputar dois amistosos pela seleção uruguaia e também ficará de fora do Rubro-Negro por duas rodadas.

O Uruguai enfrentará o Peru duas vezes na próxima Data Fifa, nos dias 11 e 15 de outubro. Dessa forma, Arrascaeta não estará disponível para o Flamengo nas partidas da 24ª e 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Primeiro, o Rubro-Negro recebe o Atlético-MG, no dia 10, e depois visita o Athletico Paranaense, no dia 13.

O Flamengo já sabe que também não poderá contar com Rodrigo Caio e Gabigol nas partidas contra o Galo e Furacão. Além disso, Reinier disputará o Mundial sub-17 com a Seleção Brasileira e pode desfalcar o time carioca por até dez rodadas.

"Nunca escondi de ninguém que um dos meus objetivos era voltar para a Seleção Brasileira. É sempre uma honra representar o nosso país e fico feliz em ser chamado novamente. Aproveito a oportunidade para agradecer ao Flamengo e a todos os funcionários do clube, que confiaram em mim e me receberam de braços abertos. Também não poderia deixar de citar meus companheiros. O sucesso coletivo é sempre mais importante do que o sucesso individual e essa convocação eu dedico a todos eles. E, claro, um agradecimento especial à minha esposa e toda minha família, que sempre esteve ao meu lado nos bons e maus momentos", disse Rodrigo Caio.

Arrascaeta é um dos principais líderes técnicos do Flamengo nesta temporada. O meia disputou 11 partidas no Campeonato Brasileiro e tem oito gols marcados, além de sete assistências.

Duelo - Líder do Campeonato Brasileiro com 42 pontos, tendo vencido os seis últimos confrontos, sendo o mais recente por 1 a 0 sobre o Santos. Este é o Flamengo que visita o Cruzeiro neste sábado, ás 17h(de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela vigésima rodada. O Rubro-Negro vive um grande momento e pode ser apontado como favorito, já que a Raposa, que vem de uma derrota de 1 a 0 para o Palmeiras e não ganha há dois jogos, aparece na zona de rebaixamento, com 18 pontos.

O momento do Cruzeiro é assunto no Flamengo, que prefere ser cauteloso.

"Vai ser um jogo complicado, pois o Cruzeiro precisa muito do resultado, assim como o Flamengo. O time deles não atravessa um momento de conseguir somar muitos pontos, tem lutado com dificuldade, mas tem qualidade, tradição e vai se reencontrar. Portanto, sabemos que isso só gera um grau de dificuldade maior, pois o Cruzeiro vai correr em dobro para se recuperar e pegar embalo na competição. Cabe ao Flamengo conseguir fazer mais uma vez um jogo de alto nível para neutralizar os pontos fortes do Cruzeiro e conseguir o resultado positivo", disse o zagueiro Rodrigo Caio.

A preocupação do Flamengo procede, pois o Cruzeiro, comandado pelo técnico Rogério Ceni, não quer adiar a reação.

"Não podemos adiar a reação. Temos que fazer um grande segundo turno e ele já começa neste jogo contra o Flamengo, que será a primeira de dezenove decisões que teremos pela frente", disse o volante Henrique.

No Flamengo, os planos de Jorge Jesus era repetir a escalação que enfrentou o Santos, porém, ele perdeu para este compromisso o meia Éverton Ribeiro, vetado por conta de dores no osso do pé esquerdo. Assim, Gerson vai jogar mais adiantado, ajudando o uruguaio De Arrascaeta na criação de jogadas. Melhor para o volante paraguaio Piris da Motta, que ganha nova oportunidade entre os titulares.

Scroll To Top