NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Flamengo vira a chave e recebe o CSA pelo Brasileirão

Rubro-Negro entra em campo com o objetivo de disparar na liderança do Campeonato Brasileiro

Jesus quer garantir o título do Flamengo o quanto antes; Equipe não deve ter muitas mudanças para a partida deste domingo

Alexandre Vidal / Flamengo

Virando a chave da Taça Libertadores da América, onde garantiu vaga para a final da competição, o Flamengo volta sua atenção para o Campeonato Brasleiro, onde lidera com folga faltando onze rodadas para o fim do campeonato.

E o Rubro-Negro recebe a equipe do CSA neste domingo (25), às 19h, no Maracanã, pensando em disparar na liderança do Campeonato Brasileiro. Com 64 pontos conquistados, o time Rubro-Negro já abriu dez pontos do vice-líder Palmeiras (54), que enfrenta o Avaí fora de casa neste domingo às 18h.

Com promessa de Maraca lotado, os comandados de Jorge e Jesus podem abrir 13 pontos de distância caso o time paulista não vença a equipe catarinense na Ressacada. Apesar do cenário de favoritismo do Flamengo, os jogadores flamenguistas descartam qualquer clima de euforia.

"O que aconteceu contra o Grêmio não vai se refletir no jogo de domingo, pois sabemos que são competições diferentes e que o CSA vai procurar trabalhar para jogar no nosso erro", disse o zagueiro Rodrigo Caio.

"Uma euforia apenas facilitaria as coisas para o nosso adversário e não vamos permitir que isso aconteça. O Maracanã com certeza vai ver mais uma vez a nossa equipe se empenhar ao extremo", seguiu o defensor.

O meia Everton Ribeiro lembra que o CSA tem conseguido evoluir ao longo do Brasileirão. "Não existe clima de euforia porque sabemos que temos uma caminhada muito longa pela frente ainda, pois cada jogo é um novo desafio. O CSA vem em uma crescente e por isso mesmo vai jogar em uma situação confortável. Não podemos acreditar em facilidades e isso não vai acontecer", explicou.

O time para este duelo só será definido pelo técnico Jorge Jesus horas antes do confronto. O zagueiro Pablo Marí e o volante reserva Piris da Motta, suspensos por acúmulo de cartões amarelos, ficam de fora. Assim, Thuler deve ganhar uma oportunidade na zaga, compondo o setor com Rodrigo Caio. É possível que alguns titulares sejam preservados nessa partida. Uma vitória do Flamengo complicaria de vez a vida de Santos e Palmeiras que ainda sonham com o título do Brasileirão.

Scroll To Top