NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Niterói recebe circuito mundial de Beach Tennis

Dupla brasileira é apontada como uma das favoritas para a competição

Joana Cortez, ex-número um do mundo de Beach Tennis em atuação no Mundial de Praia, neste ano, em Doha, no Catar

Divulgação

Um dos grandes nomes do Beach Tennis nacional e do mundo, a experiente Joana Cortez disputará o Rio Beach Tennis Tour, etapa do circuito mundial, que será jogada na praia de São Francisco, em Niterói, junto com a jovem Vitória Marchezini, de apenas 13 anos. O evento tem parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói (RJ) e acontece entre os dias 1º e 3 de novembro.

Joana vem embalada com a Medalha de Prata, conquistada no começo do mês, nos Jogos Mundiais de Praia realizados em Doha, no Qatar. A ex-líder do ranking mundial tem ainda no currículo três títulos Mundiais com a Seleção Brasileira em Moscou, o último em agosto deste ano.

Vitória, natural de Rolândia (PR), é uma jovem prodígio do Beach Tennis brasileiro. Disputou o Pan-Americano juvenil em 2018, em Aruba, e também representou o Brasil neste ano no Mundial por Equipes na Rússia. Mesmo com a pouca idade, conta com a experiência de quem já disputou etapa do circuito mundial no profissional.

"É uma honra poder jogar com umas das melhores do mundo que já foi a número um, vai ser incrível poder jogar ao lado dela e um torneio mundial ITF ainda. Por ela ter tanta experiência, por ter jogado muito e ter vários títulos muito importantes. Vai ser um torneio muito bom, com duplas muito boas e espero que a gente saia com o melhor resultado", declarou a jovem.

"Vitória é uma das promessas do Beach Tennis brasileiro. Apesar da pouca idade, é uma menina que mostrou maturidade no Pan de 2018 e Mundial por Equipes da Rússia - Sub 14 anos desse ano e vem se dedicando ao esporte com muita vontade e alegria. Será uma experiência muito bacana!", disse Joana, que também destacou a importância da Prata conquistada em Doha em um evento novo que pode ser um trampolim para o esporte entrar nos Jogos Olímpicos.

"A experiência do ANOC World Beach Games foi fantástica. Um evento de nível olímpico, onde o COB montou uma ótima equipe e estrutura para os atletas brasileiros. Na dupla feminina com a Rafa Miller, ficamos com a Medalha de Prata num jogo eletrizante contra as italianas Nicole Nobile e Flaminia Daina. Nas duplas mistas, eu e Vini Font ganhamos o bronze. Um evento onde estavam os melhores jogadores do mundo e um primeiro importante passo para transformar o Beach Tennis em esporte olímpico", complementou Joana.

Para Daniela Bergamo e Esther Sanches, da agência Have Fun, organizadores do evento, o mundo está de olho na modalidade.

"Joana é uma embaixadora do esporte não só no Brasil e no mundo e está de olho no crescimento do Beach Tennis brasileiro e em nosso futuro, sem dúvida esse final de semana aqui em nosso torneio com a Vitória será de uma mais valia enorme na carreira dela e um espelho para os demais jovens jogadores", declararam.

O Rio Beach Tennis Tour terá ao todo 350 atletas. Estarão representados 11 estados nacionais na competição que vale pontos no ranking mundial (RJ, SP, ES, DF, SC, PR, TO, BA, CE, RS e MG).

Scroll To Top