NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Vasco procura meia para melhorar criação de jogadas

Abel Braga pediu um jogador mais talentoso que ajude os atacantes

Abel segue preocupado com as chances desperdiçadas pelo ataque vascaíno

Marcelo Dias / Cruzeiro

O Vasco vem atuando no esquema 4-3-3-, com três jogadores de características bem defensivas no meio-de-campo. Andrey, Raul e Marcos Júnior têm a missão de municiar os homens da frente, pórém, nem sempre a estratégia dá muito certa e o Cruz-Maltino, contra rivais mais qualificados, têm encontrado dificuldades de criar jogadas e furar as defesas adversárias. Justamente por conta desta situação que a diretoria está no mercado em busca de opções para o meio-de-campo.

O técnico Abel Braga pediu um jogador mais talentoso, de preferência com velocidade e capacidade de chegar na frente para concluir, ajudando os atacantes. Porém, a prioridade é mesmo alguém com capacidade de criação.

O nome de Patrick Veira foi oferecido, porém, não agradou em um primeiro momento. O jogador está no Najran SC, da Arábia Saudita, e foi revelado nas categorias de base do Palmeiras. Aos 28 anos, conta com a simpatia de Abel.

A diretoria ainda monitora alguns jogadores que estão se destacando em estaduais pelo Brasil, mas os nomes estão sendo mantidos em sigilo.

Dentro de campo o plantel voltou aos treinos nesta sexta-feira de olho no confronto da quarta-feira da próxima semana contra o Oriente Petrolero em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, pela rodada de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Como ganhou por 1 a 0 na ida, o Cruz-Maltino joga pelo empate para se classificar e pode até mesmo perder por um gol de diferença, mas, a partir de 2 a 1, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. O time para este compromisso começa a ser definido nos treinos previstos para este fim de semana. A viagem para a Bolívia acontece na próxima segunda-feira.

Scroll To Top