NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Niterói Presente começa a atuar em mais três bairros

Programa de segurança pública passa a contemplar São Francisco, Charitas e Jurujuba

Programa de segurança vai contemplar mais três bairros de Niterói

Arquivo / Marcelo Feitosa

O Programa Niterói Presente chega a São Francisco, Charitas e Jurujuba nesta quinta-feira (29). No início da semana o prefeito Rodrigo Neves se reuniu com representantes de associações de moradores dos bairros. No encontro, o chefe do Executivo destacou os investimentos da Prefeitura – que ultrapassam R$ 100 milhões – para ajudar o Estado e as forças de segurança no combate à criminalidade.

 

“O investimento da Prefeitura, como o Niterói Presente, Proeis, portais de segurança e o monitoramento do Cisp, aliado ao trabalho integrado como as forças de segurança, está gerando resultados importantes: no mês passado, a redução de roubo de veículos no Estado foi de 8%, já em Niterói foi de 38%. No roubo de rua, a mesma coisa. No Centro, Icaraí e Fonseca, os agentes atuaram e evitaram mais ocorrências”, informou Rodrigo Neves. “Vamos seguir investindo pesado em prevenção, inteligência e reforço ao policiamento para uma Niterói melhor. Isso permite que o efetivo do batalhão de Polícia Militar possa expandir sua área de atuação para outras regiões da cidade. Atualmente, cerca de 65% dos policiais que estão nas ruas da cidade são mantidos pela prefeitura através dos programas de cooperação com o Estado”.

Nos bairros de São Francisco, Charitas e Jurujuba serão 100 agentes patrulhando as ruas, das 6h30 às 2h, divididos em três turnos com jornada de 8h de trabalho. O Niterói Presente é um convênio entre a Prefeitura de Niterói e o Governo do Estado. Todos os custos do programa são pagos pelo Município. Hoje, os agentes do Niterói Presente já atuam nos bairros de Icaraí, Santa Rosa, Centro e Fonseca e, desde o início do projeto, em dezembro de 2017, já efetuaram mais de 800 prisões.

O representante do Polo Gastronômico de São Francisco, Bruno Zambrotti, participou da reunião e destacou da implantação do programa nos bairros.

“É muito importante sabermos que o Poder Público não se omitiu e não deixou apenas por conta do Estado a questão de Segurança”, opinou o comerciante.

Marinete Machado, vice-presidente do Centro Comunitário de São Francisco, destacou que a expectativa dos moradores é grande: “Estávamos aguardando a implantação do programa no bairro. Acreditamos que esse tipo de integração entre as forças de segurança pode melhorar a segurança dos moradores e comerciantes”, opinou.

A reunião também foi acompanhada pelo secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Gilson Chagas, secretário de Ordem Pública, Paulo Henrique de Moraes, secretária de Fazenda, Giovanna Victer, o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, Coronel Sylvio Guerra, o coordenador do Niterói Presente, major David Costa, deputado estadual Paulo Bagueira, e o vereador Leandro Portugal, entre outros.

Scroll To Top