NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Filha do bicheiro Maninho é baleada no Rio

Shanna Harrouche Garcia foi alvo dos disparos na frente de um shopping na Avenida das Américas, no Recreio dos Bandeirantes

Shanna Harrouche Garcia Lopes

Reprodução / Redes Sociais

A filha do contraventor Waldomir Paes Garcia, o "Maninho", foi alvo de uma tentativa de homicídio na manhã desta terça-feira (8) em frente a um shopping na Avenida das Américas, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Shanna Harrouche Garcia foi atingida no abdômen e no braço no momento em que entrava em seu carro.

Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados para socorrer a vítima, em frente ao Blue Center Mall, por volta das 10h30.

Agentes estão analisando um vídeo que mostra o momento exato em que a filha do bicheiro foi baleada. De acordo com as investigações, o atirador já perseguia a vítima.

Nas imagens em investigação, o carro dos suspeitos, de cor branca, se aproximou do veículo de Shanna, que chegava a um shopping. Logo depois, os disparos foram efetuados em direção a vítima.

Histórico 

Waldomiro Paes Garcia, o Maninho, que era x-patrono da Acadêmicos do Salgueiro, foi morto a tiros na frente do filho de 15 anos, Myro Garcia, enquanto saia de uma academia, em Jacarepaguá no ano de 2004. Maninho era conhecido pela arrogância, e violência, além de responder pelos crimes de formação de quadrilha e contrabando, pelo qual foi condenado a seis anos de prisão em 1993, sendo solto em outubro de 1996.

13 anos depois foi a vez de Myro Garcia, filho e herdeiro de Maninho ser morto após sequestro na Barra da Tijuca.

Scroll To Top