NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Idosa tem cartão furtado dentro de agência bancária em Icaraí

Criminoso retirou R$ 3 mil da conta da vítima

Cartão foi roubado no hall da agência bancária

Marcelo Feitosa

Uma idosa teve seu cartão bancário furtado no hall dos caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil na Rua Coronel Moreira César, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói. O suspeito é um homem que se apresentou como funcionário do banco e estava vestido com traje social e um crachá, cuja identificação estava para dentro da camisa. Ele retirou da conta da vítima o valor de R$ 3 mil.

A aposentada de 76 anos, que preferiu não divulgar sua identidade, foi à agência, por volta de 9h de quinta-feira (7), para desbloquear a senha numérica de seu cartão de débito. Ao chegar no local, ela foi abordada pelo falso funcionário que, segundo a vítima, “apenas a enrolou por alguns minutos”. A senhora desistiu de realizar o procedimento e foi para casa.

Horas mais tarde, ela percebeu que seu cartão havia sido trocado pelo de outra pessoa. Ela foi à agência novamente, tirou um extrato e descobriu que o golpista havia realizado um saque de R$ 3 mil no terminal de autoatendimento. No banco, a aposentada foi orientada a registrar a ocorrência em uma delegacia.

Cabe ressaltar que, mesmo com a senha numérica, usada para transações no cartão de débito, estando bloqueada, a senha alfabética, empregada em saques e operações no caixa eletrônico, estava ativa.

“Ele parecia funcionário. Fui pedir ajuda, mas ele só me enrolou”, disse a aposentada, que ainda contou que o criminoso aparentava ter 40 anos de idade. Segundo relatos, idosos constantemente são vítimas de ações do tipo nessa agência. Na entrada, também também são vistos usuários de drogas que pedem dinheiro aos clientes do banco.

A aposentada registrou a ocorrência, na manhã desta sexta-feira (8), na 76ª DP (Centro de Niterói), mas será encaminhada à 15ª DP (Gávea), pois a conta da vítima é da agência do Banco do Brasil no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro. O caso será investigado como furto mediante fraude. Até o momento, a instituição bancária não havia se pronunciado a respeito do caso.

Scroll To Top