NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Instituições se manifestam contra troca de comando do Niterói Presente

Mobilizações foram convocadas e um abaixo-assinado foi feito a fim de evitar a possível saída do major David Costa da coordenação do programa

O major David Costa pode estar deixando a coordenação do Niterói Presente

Douglas Macedo

Instituições e moradores de Niterói se manifestaram contra a possível saída do major da Polícia Militar David Ricardo Costa da coordenação do programa Niterói Presente. A informação começou a circular desde o final da última semana. Mobilizações foram convocadas e um abaixo-assinado foi feito a fim de evitar a troca de comando.

Segundo fontes que fazem parte do projeto, mas preferiram não se identificar, a retirada do major de seu posto teria motivações políticas. Já haveria, há alguns meses um movimento que tinha a substituição como objetivo. No entanto, o estopim foi a morte de um cabo da Marinha, no dia 20 de novembro, após ser atingido por uma bala perdida durante confronto entre policiais do Niterói Presente e criminosos no bairro do Fonseca.

De acordo com Renata Cardoso, diretora de comunicação do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói, a redução nos índices de criminalidade em áreas de atuação do projeto são razões para a manutenção de David no comando. Ela também ressalta que o major conquistou a admiração dos moradores da cidade ao adotar uma postura atenciosa.

“Constatamos a funcionalidade do programa e a Prefeitura já está se mobilizando para criar novas equipes para outros bairros como foi caso recente em somar o Barreto agora em dezembro na lista do Niterói Presente. O Major conquistou o carinho dos moradores do bairro de Icaraí conversando sempre com os transeuntes, ouvindo, e sempre que possível, resolvendo as demandas”, disse Renata.

A diretora ainda afirma que será enviada uma carta, destinada ao prefeito Rodrigo Neves, solicitando que ele interceda junto ao Governo do Estado em favor da manutenção de David no projeto. Cabe ressaltar que o órgão responsável por realizar nomeações para o cargo é a Secretaria de Estado de Governo (SEGOV).

Entidades representantes da sociedade civil de Niterói assinaram uma nota de repúdio contra a troca de comando. Entre elas estão a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Niterói); a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-Niterói) entre outras instituições. “Em time que está ganhando não se mexe. Vamos tentar fazer o que for possível para que permaneça com as equipes do Programa nas ruas”, completou Renata Cardoso.

Procurado, o major se mostrou agradecido pelas manifestações, mas preferiu não dar maiores detalhes sobre a situação, como a confirmação ou não de sua saída: “As pessoas se mobilizaram e fico muito agradecido pelas manifestações. Isso é reflexo do trabalho que realizamos”, declarou.

Procurada, a SEGOV informou que o rodízio de coordenadores faz parte da rotina da Operação Segurança Presente. A ação colabora para motivar ainda mais os policiais, que colaboram com sua expertise em novas regiões.

Já Prefeitura de Niterói informou que a estratégia de policiamento do programa Niterói Presente é de responsabilidade da Secretaria de Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Scroll To Top