Rio de Janeiro Power Soccer procura por empresas interessadas em investir no clube

Rio de Janeiro Power Soccer - Foto: Divulgação

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Rio de Janeiro Power Soccer recentemente teve seu primeiro Projeto de Lei Federal de Incentivo aprovado pela Secretaria Especial do Esporte, vinculado ao Ministério da Cidadania. Com esta liberação, o clube está apto a captar cotas a partir de R$ 255.000,00 para desenvolver as modalidades, atualmente futebol em cadeira de rodas e bocha paralímpica, durante o ano de 2021.


“O clube nasceu de um sonho do meu filho Lucas em jogar futebol. Corremos atrás para formar uma equipe e, claro, como estávamos começando, o apoio de amigos e familiares foi fundamental para chegarmos até aqui”, relembra Bruno Fernandes, Presidente e Fundador do Rio de Janeiro Power Soccer.


O clube precisou fazer algumas mudanças que garantem maior transparência na gestão e atendem às regras da Projeto de Lei de Incentivo. O mais complexo foi alterar o estatuto do clube criado em 2014, que até então se sustentou principalmente com patrocínios privados e doações, incluindo o Programa Sócio-Torcedor.


Dentre as principais melhorias, o texto atual do estatuto prevê que o presidente eleito só possa permanecer no cargo por no máximo dois mandatos; há a obrigatoriedade da participação de um atleta na administração e todos os documentos, certidões e atas de reuniões e assembleias devem estar publicados sem restrição de acesso no site do clube.


“Todo projeto começa com quem está mais próximo de você e que acredita nos seus sonhos, ou seja, praticamente nossos amigos e familiares. Foi assim com o Rio Power Soccer. Deu tão certo que hoje alcançamos esse patamar. Chegamos até aqui com muito louvor e entendemos que o clube precisava dar esse passo para crescer e para isso teremos que nos adaptar às regras da Secretaria do Esporte”, afirma Bruno, que lidera duas modalidades paradesportivas com 30 atletas, oito profissionais nas comissões técnicas, seis profissionais nas áreas administrativa e de marketing, além da força de vários voluntários.


Quer saber como apoiar o Rio de Janeiro Power Soccer por meio da Lei Federal de Incentivo? Ou apenas registar uma boa indicação de parceira? Mande um email para [email protected]