Prática do altinho causa transtornos em Itacoatiara

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Praticantes de altinho tomam as areias da praia de Itacoatiara, em Niterói

Foto da leitora Adriana Rodrigues

A tranquilidade de um dia de praia em Itacoatiara, um dos mais belos recantos de Niterói, tem sido quebrada pelas batidas secas e quase ininterruptas das bolas de couro usadas por alguns frequentadores, adeptos do chamado “altinho”, aquele jogo, normalmente praticado à beira-mar, que é uma febre na movimentada orla da famosa praia da região oceânica. 

O que deveria ser apenas diversão tem se tornado um transtorno para muitos banhistas, como a auxiliar-administrativa Adriana Rodrigues, que enviou e-mail para O FLUMINENSE reclamando da prática abusiva do altinho nas areias de “Itacoa”. Ela relata que, ao chegar à praia, optou por um ponto em que o mar estava menos agitado, na altura de um clube, mas foi obrigada a se adequar ao posicionamento dos praticantes do jogo para evitar ser atingida por uma bolada.

“Tinha tanta gente praticando altinho, que as pessoas eram impedidas de ficar perto da água”, reclama. Já o comerciante Rodrigo Ventura conta que presenciou um início de discussão entre um praticante de altinho e um banhista atingido pela bola. “Os chutes eram tão disputados, que a bola foi parar no meio da areia, embaixo de uma barraca, atingindo uma família. Um homem reclamou e o jogador sequer pediu desculpas”, relembra ele, que admite gostar do esporte, mas concorda que é preciso ter regras. “As pessoas vão à praia para relaxar e acabam se estressando com a falta de respeito de alguns”, pontua. 

Providências

Procurada, a Prefeitura de Niterói informou que, por conta do número crescente de praticantes do esporte, a Secretaria de Esporte e Lazer, responsável pela regulamentação de práticas esportivas na areia, fará reunião com moradores e com a Secretaria de Ordem Pública, com o objetivo de delimitar locais e horários para a prática do altinho, com plaqueamento indicando a liberação do esporte no local.