SG: morre vendedor de fogos ferido em explosão

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Morreu na tarde desta quarta-feira (28) o vendedor de fogos de artifício Jonathan Willian Marinho de Almeida, de 23 anos, vítima que estava internada em estado grave por conta de uma barraca de fogos de artifício que explodiu no bairro do Rocha, em São Gonçalo, último dia 19. O jovem foi encaminhado ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) em estado grave na ocasião - sendo um dos quatro feridos na localidade. A confirmação do óbito veio através da Secretaria Estadual de Saúde.

Na ocasião, segundo testemunhas, o barulho da explosão pôde ser ouvido a até dois quilômetros de distância. Um funcionário do mercado contou que o vendedor de fogos estava soltando um rojão quando aconteceu o acidente. 

“Ouvimos um barulho muito grande e nos jogamos no chão porque achávamos que era uma bomba. Foi uma correria e um desespero. Quando fomos para a frente da loja, vimos o que havia acontecido. Os estilhaços chegaram a atingir sem gravidade alguns clientes e, pelo que vi, foi sem muita gravidade”, disse Elizeu Amaral de Souza, de 36 anos.

Técnicos da Defesa Civil estiveram no local para avaliar se a estrutura do imóvel chegou a ser comprometida com a explosão. A Polícia Civil investiga as causas do acidente, que ainda não foram divulgadas.  O caso foi registrado na 72ª DP (Mutuá).

*Em atualização