Trânsito lento na volta do feriadão

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O motorista que optou por retornar do feriado prolongado na noite de ontem teve que ter paciência no trânsito

Foto: Lucas Benevides

A volta do feriado prolongado de Tiradentes e São Jorge, foi de trânsito lento e retenção no início da noite desta segunda-feira (23). Os motoristas que seguiam em direção ao Centro de Niterói, na Alameda São Boaventura, no Fonseca, enfrentaram lentidão em toda extensão da via. O engarrafamento teve início às 17h no acesso à Ponte Rio-Niterói e se estendeu até a Rodovia RJ-104, na altura da descida da Caixa D’agua, no Caramujo. 

Na rodovia BR-101 (Niterói-Manilha) os motoristas que retornavam da Região dos Lagos em direção aos municípios de Niterói e Rio de Janeiro encontraram pontos de retenção entre o km 262 e o km 375, que compreendem municípios de Rio Bonito, Tanguá, Itaboraí e Maricá. De acordo com a Autopista Fluminense, cerca 109 mil veículos passaram pela rodovia nesta segunda-feira, nos dois sentidos. Desde a última sexta-feira, 321 mil veículos trafegaram no trecho. 

Na Ponte Rio-Niterói, o fluxo de trânsito não sofreu retenção. Por volta das 19h, o tempo médio de travessia nos dois sentidos era de 13 minutos. A expectativa da Concessionária Eco Ponte é que 150 mil veículos passem pela via entre esta segunda e terça Durante o feriado, 722 mil veículos cruzaram a pista nos dois sentidos. 

Segundo a Concessionária Novo Rio, que administra o Terminal Rodoviário Roberto Silveira, no Centro, a maior movimentação de passageiros ocorreu nesta segunda, quando 4,8 mil pessoas passaram pelo local. Ao todo, 330 viagens foram programadas, sendo 110 em ônibus extras.  

Nesta terça-feria, a previsão é que 3,7 mil passageiros ainda passem pelo terminal e embarquem nos 280 coletivos disponibilizados para a data.