Brasileiríssima

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Cristina Braga apresenta um repertório com composições de Villa-Lobos passeando pelos clássicos de seus seguidores na música popular, tais como Tom Jobim, Chico Buarque e Vinicius de Moraes

Foto: Divulgação

O trio da harpista Cristina Braga está de volta ao palco do Teatro Municipal de Niterói nesta terça (27), às 19h, em um poético tributo às grandes canções brasileiras com o show “Villa-Lobos Popular”, homenageando o compositor Heitor Villa-Lobos. Acompanhada de Ricardo Medeiros (contrabaixo, violão e direção musical) e José Staneck (gaita), Cristina Braga apresenta um repertório com composições de Villa-Lobos passeando pelos clássicos de seus seguidores na música popular, tais como Tom Jobim, Chico Buarque e Vinicius de Moraes.

“Amo Villa Lobos. Ele faz uma declaração de amor ao Brasil em cada som, em cada ritmo, em cada nota. Precisamos hoje, mais do que nunca, amar o Brasil”, declara a harpista sobre a homenagem.

Cristina Braga foi primeira harpista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e, desde cedo, trilhou paralelamente à sua carreira clássica, um caminho consistente e inesperado na MPB. Participou de CDs e DVDs de grandes artistas, como Lenine, Olívia Hime, Ana Carolina, Os Titãs e Chico Buarque. Fez parte do Opus5, grupo que gravou o primeiro disco de samba da história brasileira em que a harpa faz a base harmônica. Cristina tem 18 discos gravados, sendo alguns lançados no Japão, Taiwan e EUA, e conta que vive cercada pela música desde criança.

“Lembro muito de meu pai cantando, de meu avô tocando gaita, da voz de minha avó com as canções de ninar e brincar. Comecei tocando piano aos cinco, mas, desde os três, queria tocar harpa para “ser anjinho”, como conta minha mãe. Meus pais me colocaram no piano. Aos 10, como continuava querendo tocar harpa, duas tias avós, musicistas, me levaram para as aulas com Acácia Brazil, grande harpista aqui de Niterói, filha de Vital Brazil”, lembra.

Hoje, a harpista é professora de Escola de Música da UFRJ e tem um extenso currículo internacional, como concertista clássica e popular, assim como de professora, tendo feito cursos e workshops em diversos países do mundo. É assim considerada uma das grandes divulgadoras da música brasileira internacionalmente.

Neste concerto, ela vem acompanhada de José Staneck, reconhecido como um dos mais atuantes gaitistas do Brasil, e Ricardo Medeiros, que foi durante muitos anos contrabaixista-solista da Orquestra Sinfônica Nacional da UFF.

O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua XV de Novembro, 35, Centro, em Niterói. Terça, às 19h. Preço: R$ 40 (inteira). Classificação livre. Telefone: 2620-1624.