Em versão acústica e intimista

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O cantor Flávio Guimarães.

Foto: Divulgação

A dupla Flávio Guimarães e Alamo Leal se apresenta hoje no festival “Tudo Blues”, no Teatro da UFF, em Icaraí. Os artistas vão mostrar no show, que acontece neste sábado (8) às 20h, um trabalho totalmente acústico e intimista, trazendo a tradição do blues no início do século XX, utilizando voz, gaita e violão de aço.

O show é baseado no CD que o duo lançou em 2012, intitulado “Ain’t No Strangers Here”. Somando mais de 30 anos de carreira, Flávio vem trabalhando como instrumentista, cantor, produtor, compositor e integrante do grupo Blues Etílicos. 

Paralelamente junto à banda, Flávio desenvolve sua carreira independente, com diversos parceiros do time do blues nacional. Além disso, ele já tocou com lendas vivas do ritmo, como Buddy Guy e Taj Mahal. Ele também realizou shows de abertura para Ben Harper, B. B. King e Robert Cray, tendo se apresentado em festivais da Europa, Estados Unidos e América do Sul. A versatilidade do músico o levou a tocar e gravar com grandes nomes da música brasileira, como Alceu Valença, Djavan, Cássia Eller, Ed Motta, Erasmo Carlos, entre muitos outros. Em sua estrada solo, o artista já possui 11 CDs gravados.

Já Alamo Leal é um músico de blues que construiu sua carreira na Europa, onde residiu por mais de 30 anos. Seu primeiro CD, “Rythm Oil”, lançado pela “Armadillo-Records”, foi escolhido o álbum do ano pela revista inglesa “Blueprint” em 1998. O músico realizou diversos shows e festivais com o legendário Funk Master e com Pee Wee Ellis, saxofonista de James Brown e Van Morrison.

De 1995 até 2005, morando entre Paris e Londres, Alamo tocou em grandes festivais na Europa, dividindo o palco com alguns gigantes do blues como Luther Allison, Bernard Allison, Larry Garner, Clarence Brown, Otis Grand, Paul Lamb e Joe Louis Walker. Voltando ao Brasil em 2006, Alamo vem realizando shows em todo o país, tendo lançado três álbuns desde então.

Encerrando o festival neste domingo, dia 9, o show fica por conta da cantora Taryn, que fará uma apresentação revivendo o blues desde os anos 30, em suas diversas vertentes. Nascida no Rio, a artista é a quinta geração de uma família de músicos. Ela já gravou quatro CDs solo e se destacou com o seu mais recente trabalho, intitulado “Nouveau Vintage Café”, onde homenageia a diva Carmen Miranda. 

O Teatro da UFF fica na Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí em Niterói. Sábado (8), às 20h. Preços: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Censura: Livre. Telefone: 3674-7512.