V Edição do Encontro com Artistas na UFF

Entretenimento
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Paulo Moraes é o diretor de uma versão da peça Hamlet

Foto: Divulgação

O LCICC-Teatro Laboratório da UFF, coordenado pela pesquisadora e diretora teatral Martha Ribeiro, convida a todos para a 5ª Edição do Encontro com Artistas das Artes Cênicas, que acontece na sala InterArtes do IACS, no dia 5 de setembro, a partir das 15h. O evento é aberto para todos e gratuito. 

Nesta edição trazemos como tema TEATRO E POLÍTICA: O PODER E O ESPAÇO POLÍTICO NO TEATRO. O artista convidado será o premiado diretor teatral, Paulo de Moraes, fundador do Armazém Companhia de Teatro, que desde 1998 atua na cidade do Rio de Janeiro. Com grande reconhecimento do público e da crítica especializada, o Armazém carrega em sua trajetória diversos prêmios, como  os Prêmios Shell, Cesgranrio, Eletrobrás, Molière, Mambembe, APTR, Cultura Inglesa, Contigo, Qualidade Brasil e Faz a Diferença (Jornal O Globo). Esse ano, no CCBB-RIO, estreou sua versão de Hamlet, espetáculo indicado a 6 categorias no Prêmio Cesgranrio, incluindo Melhor Espetáculo e Direção.

Junto ao Paulo de Moraes, recebemos o professor da UNIRIO, Leonardo Munk, Doutor em Teoria Literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com doutorado sanduíche na Freie Universität Berlin (Universidade Livre de Berlim), que atua no grupo de pesquisa “Linguagem, Artes e Política”.  O ENCONTRO terá a mediação da professora Martha Ribeiro, idealizadora do projeto.

Martha Ribeiro aposta na aproximação mais estreita entre a academia e os profissionais da cena teatral, incentivando o debate entre o artista, o pesquisador, os estudantes universitários e o público em geral de forma horizontal. O ENCONTRO é uma plataforma de diálogo, de troca de saberes, de construção de um pensamento em obra, emancipador e aberto a múltiplas possibilidades de pontes, caracterizando-se como um espaço de troca livre e de inovação pedagógica.

Paulo Moraes

Entre os atores dirigidos por Paulo de Moraes estão Patrícia Selonk, Simone Mazzer, Paulo Autran, Adriano Garib, Dan Stulbach, Celso Frateschi, Louise Cardoso, Suzana Faini, Ana Beatriz Nogueira, Fernando Eiras, Malu Valle, Ana Kutner, Zécarlos Machado, Eriberto Leão e Malvino Salvador, além dos coletivos Grupo Galpão e Intrépida Trupe. Entre seus espetáculos mais importantes estão A Ratoeira é o Gato (1994), Sob o Sol em meu Leito após a Água(1997), Alice Através do Espelho (1999), Da Arte de Subir em Telhados (2001), Pessoas Invisíveis (2002), Toda Nudez Será Castigada (2005),  Pequenos Milagres (2007), Inveja dos Anjos (2008), Mente Mentira (2010), A Marca da Água (2012), Jim (2013) e O Dia em que Sam Morreu (2014). Como autor, venceu duas vezes o Prêmio Shell de Teatro  – por Inveja dos Anjos e A Marca da Água –, uma vez o Prêmio Cesgranrio de Teatro – por O Dia em que Sam Morreu, além de receber duas vezes o Fringe First Award (no Festival de Edimburgo/Escócia) – por A Marca da Água e O Dia em que Sam Morreu. Foi diretor e professor da Escola Municipal de Teatro, em Londrina e professor de Interpretação da Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), no Rio de Janeiro. Estreou sua versão de Hamlet em junho de 2017, espetáculo indicado a 6 categorias no Prêmio Cesgranrio, incluindo Melhor Espetáculo e Direção.

Leonardo Munk

Leonardo Munk é Doutor em Teoria Literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com doutorado sanduíche na Freie Universität Berlin (Universidade Livre de Berlim). Atualmente é Professor Adjunto 4 da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), onde atua na graduação (Estética e Teoria do Teatro/Escola de Letras) e na pós-graduação (Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas [PPGAC] e Mestrado Profissional em Ensino de Artes Cênicas), dedicando-se ao estudo dos seguintes temas: formas do drama e poéticas do corpo; os processos da criação cênica; e os lugares da representação. É tradutor e autor de textos publicados em livros e revistas, além de integrar os grupos de pesquisa 'Formas e Efeitos, Fronteiras e Passagens na Linguagem Teatral' e 'Linguagem, Artes e Política'.

Serviço: O Instituto de Artes e Comunicação Social - UFF fica na Rua Professor Lara Vilela, 126, São Domingos, em Niterói. Entrada gratuita e livre.