Atlético-MG recebe o Figueira para seguir na luta pelo título

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O técnico Marcelo Oliveira tenta manter o Galo vivo na briga pelo Brasileirão

Foto: Divulgação

Depois de se classificar nos pênaltis para as semifinais da Copa do Brasil, chegou a hora de voltar o foco ao Campeonato Brasileiro. Embora siga longe do Palmeiras, líder do Brasileirão, o Galo segue com o sonho de alcançar o Verdão. Para isso, é necessário vencer o Figueirense, neste domingo, no Independência, às 19h30 (de Brasília), partida que pode deixar o Galo mais próximo dos primeiros colocados e o grupo de Florianópolis mais longe da série A.

A distância do Galo para o Palmeiras hoje é de oito pontos, paulistas com 64 e mineiros com 56. Marcelo Oliveira sabe da dificuldade, mas deixou claro que não vai jogar a toalha, nem priorizar uma competição, querendo ir com força máxima. Já o Figueirense vê em quatro tentos a distância de sair da zona de rebaixamento. Ou seja, uma vitória longe de casa ainda não tira a equipe do Z-4, mas alivia a situação. Uma derrota pode complicar.

Para a partida o técnico Marcelo Oliveira tem dois grandes problemas em seu time titular. O volante Rafael Carioca está suspenso e não entra em campo. Já o zagueiro Leonardo Silva se machucou no jogo contra o Juventude, na última quarta-feira, e fica entregue ao departamento médico. Vale destacar que os doutores atleticanos estão com muito trabalho, tendo Carlos, Dátolo, Marcos Rocha, Maicosuel e agora o defensor em recuperação.

Os jogadores do Figueirense precisam da vitória no domingo para conseguirem ficar mais próximos de escapar da zona de rebaixamento. E para o triunfo, os atletas da equipe de Florianópolis destacam que podem ter alguma vantagem por causa do desgaste físico atleticano. Segundo Maquinhos Pedroso, a equipe atleticana vem de decisão e cansaço, enquanto o Figueira teve a semana de treinamentos.