Competição vira problema no Flu

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O técnico Abel Braga deve poupar os titulares no duelo diante do Londrina, nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio do Café, no Sul

Foto: Divulgação / Nelson Perez / Fluminense F.C.

A derrota por 1 a 0 para o Vasco deixou clara a necessidade de o Fluminense evoluir nesta reta final de temporada para evitar problemas no Campeonato Brasileiro. Como a competição será paralisada por conta dos compromissos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o Tricolor só volta a campo no dia 10 de setembro, quando visita o Vitória na Bahia. O desejo do técnico Abel Braga era fazer uma intertemporada, porém isso não será possível, já que nesta quarta-feira (30) o Tricolor visita o Londrina a partir das 19h30 (Brasília), no Estádio do Café, em confronto válido pelas quartas de final da Primeira Liga.

Caso passe pelo Londrina, o Fluminense disputará as semifinais no domingo. Abel Braga deixou claro que a competição parece mais problema do que solução.

“Acredito que não vamos com a força máxima neste jogo, mas caso avançarmos para as semifinais aí pensaremos melhor. Neste momento estamos precisando de uma pequena pré-temporada, porém, lamentavelmente tem esse jogo”, reclamou Abel.

Na manhã de hoje, o time trabalha no Centro de Treinamento Antonio Pedro e em seguida embarca para Londrina. Os jogadores que não viajarem seguirão trabalhando normalmente no Rio de Janeiro. 

Diretor – O novo diretor geral do Fluminense, Marcus Vinicíus Freire, falou sobre o processo de chegada ao Fluminense e  enumerou as diferenças entre o esporte olímpico, onde trabalhou a maior parte da carreira, e o futebol.

“A primeira é a paixão da torcida. É completamente diferente. É “não razão”. No esporte olímpico, como é uma torcida só, as pessoas tinham mais razão. Pensam se tem ou não dinheiro, avaliam o trabalho. A paixão é menor, é mais diluída. São 42 modalidades, aceito perder em um, projeto ganhar em outro. Aqui não aceita não ganhar”, declarou Marcus Vinícius Freire ao site globoesporte.com.n