Estreia vitoriosa nos braços da torcida

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O tenista britânico Andy Murray tenta vencer pela segunda vez o Grand Slam de Wimbledon, disputado na grama inglesa

Foto: Divulgação

Andy Murray estreou em Wimbledon ontem e fez jus ao apoio massivo vindo das arquibancadas na quadra central do All England Club. Enfrentando o compatriota Liam Broady, o atual número dois do mundo não teve dificuldades e avançou à segunda rodada ao vencer por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/3 e 6/4, em uma hora e 44 minutos de jogo.

O primeiro set começou com Murray se impondo dentro de quadra e quebrando o saque do adversário logo no segundo game. Com isso o tenista britânico abriu 3 a 0 e precisou apenas administrar a vantagem para fechar a parcial. Ele ainda anularia o serviço de Broady mais uma vez antes de confirmar o triunfo no set.

Murray seguiu a mesma toada e demonstrou bastante irregularidade para seguir infernizando a vida de Broady, que nada podia fazer diante de um adversário sedento por mais um título de Wimbledon. Desta vez, o número 235 do mundo conseguiu errar menos, mas mesmo assim cedeu um game novamente a Murray, que aproveitou a brecha para fechar mais uma parcial e se aproximar ainda mais da vitória.

Bastou ao principal tenista da Grã-Bretanha jogar com inteligência no último set para confirmar seu favoritismo e começar a pensar na segunda rodada de Wimbledon.  Entre algumas oportunidades de breakpoint Murray aproveitou somente uma delas, porém o suficiente para garantir sua permanência no torneio mais tradicional do circuito.

Agora, Andy Murray encara Yean-Hsun Lu, de Taipei. O tenista avançou com uma vitória do russo Alexander Kudryavtsev por 3 sets a 0, parciais de 6/4, 6/1 e 6/4. 

Feminino – Serena Williams estreou com vitória em Wimbledon  ontem ao vencer Amra Sadikovic por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4, em uma hora e 15 minutos de partida. A atual campeã do torneio confirmou seu favoritismo e afastou qualquer chance de zebra na quadra central, demonstrando confiança e consistência durante o duelo.