Itaboraí recupera obras de Centro de Esportes

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O município de Itaboraí deu mais um passo importante no fomento da prática esportiva da cidade. Isso porque a Prefeitura, em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura retomou com as obras do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUs), no bairro de Calundu, que foram iniciadas em 2013 e paralisadas em 2014, pela antiga gestão do município. 

O complexo está sendo erguido em uma área de 3 mil m², com o objetivo de integrar, em um mesmo espaço físico, programas e ações setoriais que visam a promoção da cidadania e formação de novos atletas na cidade.

Em dezembro de 2017 houve uma nova licitação, realizada pela atual administração do município e a empresa vencedora da mesma iniciou as obras em março deste ano, após os trâmites legais. A previsão é que o equipamento seja entregue à população ainda no primeiro semestre de 2019.

A Praça CEUs em Itaboraí fica situada na esquina da Avenida Genésio da Costa Cotrim com a Rua Ilda Araújo, antigo Campo do Caluge. E contará com uma quadra poliesportiva, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground, pista de corrida e caminhada, dois edifícios com salas multiuso, um polo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), biblioteca, telecentro e um auditório para 60 pessoas com camarim.

Na manhã da última terça-feira (04/09), a equipe do Núcleo de Projetos, da Secretaria Municipal de Obras realizou mais uma fiscalização da unidade, com o intuito de acompanhar o trabalho, a qualidade e o prazo dos serviços executados pela empresa até a conclusão da obra.

Segundo o arquiteto do Núcleo de Projetos, Daniel David Cassal de Medeiros, o Governo Federal realiza a liberação de verba de acordo com o avanço das obras. “Nós acompanhamos as obras de maneira constante e produzimos planilhas com relatórios fotográficos, que são enviados para a Caixa Econômica Federal e posteriormente para o Ministério da Cultura”, disse Daniel.

Para o secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Fernando Roscio, o CEUs será um espaço importante para a população e que irá desenvolver não só atividades esportivas, mas também culturais e educacionais. “Vamos oferecer um serviço e atendimento de qualidade aos munícipes”, frisou o gestor da pasta.

A gestão dos CEUs é compartilhada entre as prefeituras e a comunidade, com a formação de um Grupo Gestor, que fica encarregado de criar um Plano de Gestão, e também conceber o uso e programação dos equipamentos. Em Itaboraí, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo será responsável pela administração do CEUs.