São Paulo apresenta seu novo treinador

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O técnico Dorival Junior foi apresentado nesta segunda-feira como novo treinador do São Paulo. Tido como o profissional que pode salvar o clube do rebaixamento no Brasileirão, o treinador elogiou o atual elenco que não vence há sete rodadas e revelou que terá uma conversa com o ex-comandante tricolor, Rogério Ceni, para ter um conhecimento maior de seus novos jogadores.

Dorival Junior chega ao São Paulo em meio à uma série de mudanças no plantel. Com as transferências e especulações envolvendo os principais nomes do time, o treinador garante que não exigiu nenhuma contratação à diretoria tricolor e aposta nos garotos revelados pelas categorias de base para suprir algumas carências da equipe.

“Não foi feita nenhuma exigência, o elenco é bom. Naturalmente como todo elenco do futebol brasileiro, dentro do possível e do momento do mercado, ele deve ser melhorado, mas temos que, acima de tudo, acreditarmos no elenco que temos e cessar essa conversa de entradas e saídas. Temos que observar com carinho aquilo que temos dentro da nossa casa. O trabalho que vinha sendo desenvolvido pelo Rogério Ceni é elogiável nesse sentido, buscando o que o São Paulo tem de melhor. Temos que dar atenção, ter consciência que nossos problemas podem ser resolvidos com o aparecimento de um novo garoto, de um atleta que venha reforçar e melhorar as capacidades de nossa equipe”, disse Dorival Jr. 

Sem muito tempo para trabalhar, o novo treinador são-paulino tentará buscar algumas maneiras extracampo para se adaptar o mais rápido possível ao novo clube. Após longo período à frente do Santos, Dorival Jr ainda não tem conhecimento profundo sobre as características de cada atleta do Tricolor, e para solucionar esse problema ele admitiu que irá entrar em contato com Rogério Ceni. 

“Ainda não conversei com o Rogério Ceni, pretendo. É uma pessoa que tenho um respeito e carinho muito grande. O Rogério é um profissional exemplar. O período que ele ficou aqui, a história que ele tem no São Paulo… quero sim falar com o Rogério, pela pessoa que é e pelo respeito que tenho por ele”, disse.