Tricolor recebe o Furacão no Maracanã

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Equipe tricolor, que está com força máxima, receberá o Atlético Paranaense

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O confronto entre Fluminense e Atlético-PR, neste domingo (20), no Maracanã, marca o encontro de duas equipes que precisam de um bom resultado no Campeonato Brasileiro. Os tricolores vêm de derrota no clássico contra o Botafogo. Já os paranaenses perderam seus últimos quatro compromissos, sendo dois pela Série A, um pela Copa do Brasil e outro pela Sul-Americana.

Do lado do Fluminense, o revés para o Botafogo não teve muita repercussão, principalmente pela atuação da equipe. Mesmo tendo dominado o clássico, os tricolores saíram derrotado de campo no Nilton Santos. No entanto, uma vitória sobre Atlético-PR virou uma obrigação para que os cariocas não se aproximem da zona de rebaixamento.

O técnico Abel Braga falou sobre a partida espera um duelo complicado contra os paranaenses, por conta do estilo de jogo da equipe comandada por Fernando Diniz.

“O pior jogo para se jogar é esse do Atlético-PR. É uma maneira de jogar que dificulta o adversário. Se jogar só com alma não adianta. Tem que ter inteligência. Não podemos deixar eles aproveitarem as chances. O time descansou bem, fez um trabalho tático com a equipe de baixo como joga o Atlético e foi muito bem. O torcedor tem que saber que a dificuldade vai existir” disse.

Abel Braga comemorou o fato do Fluminense voltar a atuar no Maracanã, mas admitiu que somente isso não vai fazer os tricolores vencerem.

“Jogar no Maracanã é sempre bom. O torcedor está valorizando esse time, que joga com alma e está bem na competição. Mas isso não influencia no resultado”, declarou.

Sobre a escalação, o comandante não confirmou os titulares, mas revelou que pode mudar a equipe. Uma certeza é a ausência do zagueiro Ibañez, que está lesionado.