Vantagem do empate não pode ser desprezada, diz Diego

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Jogador terá a missão de municiar mais uma vez o ataque do Flamengo em um clássico do Carioca

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Experiente, o meia Diego do Flamengo de 33 anos, sabe que em um clássico tudo pode acontecer. Desta forma, o atleta sabe da importância de se ter a vantagem do empate, mas não quer saber de favoritismo na Gávea. “Os clássicos têm sempre uma atmosfera especial. As duas equipes se superam. O Botafogo é uma equipe que se dedica bastante, assim como nós. É natural que o jogo esquete. Que seja assim, de maneira respeitosa. Jogo difícil e truncado”, comentou o atleta que concluiu. 

“Nós temos a obrigação de vencer e quando vencemos não temos tanto direito de comemorar. É a minha impressão. Sabemos da responsabilidade. Não existe mais esse negócio de favoritismo. São 11 contra 11, mas nosso pensamento é sempre vencer. Dentro de campo se iguala. Mas é claro que uma vantagem do empate no clássico é considerável. Disse isso contra o Fluminense. Não vamos entrar em campo para nos defender, mas temos que ser inteligentes”, analisou.

A partida frente ao Botafogo, acontece na quarta, às 21h45, no Maracanã.