Vasco antecipa concentração para se ajustar no Brasileirão

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Técnico Alberto Valentim ressaltou que precisa conhecer o elenco mais depressa, bem como ser conhecido por ele

Rafael Ribeiro/Vasco

A derrota para o Santos, em noite desastrosa no Maracanã, repercutiu no Vasco. Tanto que o técnico Alberto Valentim colocou todo o elenco em regime de concentração até o jogo desta quinta-feira, contra o América-MG, em Belo Horizonte. Neste período, os cruzmaltinos vão trabalhar no Clube da Aeronáutica e não no CT de Vargens.

“Eu falei na minha coletiva que nós precisamos trabalhar mais. Essa iniciativa é muito importante para que eu possa acelerar o processo de conhecimento dos atletas. Eu estarei mais perto deles e eles vão ter a oportunidade de me conhecer melhor, assim também como a minha comissão técnica. Vai servir para que a gente esteja mais junto. Quero encontrar os jogadores e conversar individualmente com cada um deles”, disse o técnico Alberto Valentim.

Além de intensificar o trabalho, Valentim quer adiantar a recuperação dos atletas lesionados. O Vasco tem sofrido com os desfalques, principalmente no setor defensivo. 

Vamos ter tempo para assistir os nossos jogos, observar o que de bom fizemos e o que precisamos melhorar. Vamos ter um cuidado maior para preparar todo mundo para os próximos jogos, que são importantíssimos para a gente. Precisamos aproveitar ao máximo esses dois dias a mais que teremos: recuperar os atletas e ter uma alimentação boa, algo que essa concentração nos possibilitará”, declarou.

Com as atenções voltadas para o novo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama realizou na tarde desta segunda-feira (03/09) seu primeiro treinamento no Clube da Aeronáutica, localizado na Barra da Tijuca. A atividade contou a participação de todos os jogadores que estão à disposição da comissão técnica para o duelo com América Mineiro e foi dividida em trabalhos físicos e técnicos.

Em entrevista coletiva, o meia Wagner reconheceu o rendimento abaixo do esperado, mas garantiu que o grupo está trabalhando para dar a volta por cima.

“Vamos procurar reverter essa situação. Durante o primeiro turno, infelizmente, não conseguimos vencer fora de casa. Agora vamos procurar que aconteça o oposto e as vitórias venham. Hoje discutimos bastante, vimos vídeos, observamos aquilo que erramos nos jogos passados. O Valentim passou o que quer da nossa equipe, a maneira que quer que cada um faça o seu papel. Estamos entendendo a metologia de trabalho dele. Quando conseguirmos encaixar, as coisas vão melhorar, vamos engrenar e iremos subir na tabela. Não dá para mudar da água para o vinho tão rápido”, declarou o camisa 20.

O Vasco vai para o confronto contra o América-MG pressionado pela proximidade da zona de rebaixamento. Os cruzmaltinos podem entrar em campo na degola na quinta-feira em caso de vitoria do Sport sobre o Bahia, que se enfrentam no dia anterior, em Salvador

O América possui 26 pontos e ocupa no momento a 12ª colocação. O Coelho cresceu de rendimento sob comando de Adílson Batista, treinador que dirigiu o Almirante entre os anos de 2013 e 2014. O clube mineiro ainda não perdeu atuando em seus domínios desde que o Campeonato Brasileiro voltou a ser disputado depois da disputa da Copa do Mundo da Rússia.